Orçamento

Newsletter # 40

Nesta Newsletter você poderá ler:
1. Viajando de moto pela Europa
2. Moto produzida por impressora 3D
3. Modalidade de corrida: Speedway
4. Transporte de crianças: guia prático



  • Euro.html

    Viajando de moto pela Europa

    O Felipe de Melo é um veterano das auto-estradas, tendo feito longos percursos de moto, quase um Iron Butt. Pedimos para ele, então, contar um pouco de sua experiência para outros motociclistas que desejam se aventurar por terras estrangeiras em uma emocionante viagem de moto. Foi então que ele nos contou o seguinte:

    "Já tive oportunidade de fazer algumas viagens com a Apex, sempre com amigos.

    Em 2014, realizamos a rota dos reis na Europa, rodando cerca de 2400km entre Portugal e Espanha. Mesmo no verão, o clima estava ótimo, assim como as estradas e as motos utilizadas. Viajar em grupo melhora a experiência e lembranças, e isso a Apex faz muito bem. O roteiro foi customizado desde seu planejamento, de forma a atender nossas vontades: passagem por parques, estradas específicas, etc.. Assim, ficamos um tempo extra em lugares fantásticos como Santiago de Compostela e Madrid.  Os hotéis são escolhidos com cuidado, levando em consideração o tamanho do grupo, conforto e tudo mais, focado na melhor experiência. 

    Os roteiros são exclusivos e pensados para nós: motociclistas. Muitas curvas e estradas cênicas completam as boas lembranças."

    O encanto da Rota dos Reis está relacionada ao fato de passar por vários cenários medievais com uma máquina de 100 cavalos.


    Fotos enviadas por Felipe de Melo. Uso autorizado pelo cliente.

     

    Se você deseja saber mais detalhes sobre esta rota, envie um e-mail para motos@apextravel.com.br.

    Se você também quer compartilhar sua história com outros motociclistas, envie um e-mail para news@apextravel.com.br.

  • 3d.html

    Moto produzida por impressora 3D

    É verdade, você não leu errado: a moto que você verá adiante foi produzida por uma impressora 3D. Apesar de não funcionar, a impressão já representa um grande avanço tecnológico.

    Alguns arriscam o palpite de que a impressora 3D será a grande revolução do século XXI. Disso nós não temos certeza, nossa certeza é que a moto ficou muito legal. No vídeo, veja como ficou a produção do artista americano autor da obra:

     
     
     

    O que acharam da obra de arte? Você também tem algo relacionado a motociclismo que queira compartilhar? Envie um e-mail para news@apextravel.com.br e apareça aqui!

  • Speed.html

    Modalidade de corrida: Speedway

    A Speedway é uma modalidade de corrida de motos que faz muito sucesso nos Estados Unidos e Austrália, onde surgiu em 1920. É uma espécie de drifiting, aquela corrida de carros com derrapagens, a qual ficou mundialmente conhecida pela série de filmes Velozes e Furiosos. 

     

    As motos competem na modalidade sem apresentar freios, portanto, dependem muito da experiência do piloto em saber a hora certa de freiar, sem perder tempo.

    As corridas acontecem em pistas de diferentes composições: cascalho e areia compactados, grama ou gelo. As pistas têm um formato oval e os pilotos correm em sentido anti-horário, em geral, em grupos de 4 pilotos por vez, que dão entre 4 e 6 voltas completas no circuito. 

    O vencedor é aquele que acumula mais pontos conquistados em cada volta da corrida, sendo que é permitido o uso dos pés para evitar o desequilíbrio e perda de aceleração.

    A moto utilizada na modalidade, muitas vezes, é comparada a uma bicicleta. Além de não possuírem freios, apresentam apenas uma ou duas marchas e um motor movido a metanol, o que proporciona o alto rendimento de alcançar 130km/h nas curvas!

    Mas não só isso. Os pilotos do Speedway não contam nem com amortecedor na parte traseira das motos! Com tanta engenharia para tornar a moto mais leve e mais veloz, a moto pesa a partir de incríveis 77kg.

    Apesar de não ser muito conhecida no Brasil, a modalidade tem até mesmo uma Copa do Mundo, na qual o grande campeão é o piloto que somar maior pontuação geral nos prêmios durante a temporada.

  • Transp.html

    Transporte de crianças: guia prático

    A maneira correta de transportar crianças é muito mencionada quando o assunto são os carros, porém, quando passamos para as motos, o assunto se torna um pouco nebuloso. Para esclarecer essas dúvidas, o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) alertou: 

    • Apenas crianças com idade igual ou superior a 7 anos podem ser levadas na garupa;

    • A criança deve, obrigatoriamente, fazer uso de um capacete adequado para seu tamanho;

    • A criança deve ter condições de cuidar de si mesma, por exemplo: ela deve alcançar o apoio dos pés, não estar com qualquer órgão engessado ou, ainda, ser portadora de alguma deficiência que prejudique seu próprio cuidado (necessitando a ajuda de outrem). 

     
     

    Obedecer às leis garante a segurança da criança e você não corre riscos de ser multado e/ou responder a um processo administrativo para a suspensão do direiro de dirigir.

    Lembrando: 

    Crianças menores de 10 anos apenas podem ser transportadas no banco traseiro dos carros, sendo necessários alguns equipamentos especiais.

    Faixa etária / Equipamento necessário

    0 a 12 meses / bebê conforto ou conversível

    1,1 a 4 anos / cadeirinha

    4,1 a 7,5 anos / assento de elevação

    7,6 a 10 anos / cinto individual de segurança do próprio banco traseiro

    (*) Os equipamentos não se aplicam ao transporte coletivo, táxis e veículos escolares, por exemplo

Cadastre-se